top of page
Buscar
  • Foto do escritorThiago Oliveira

Decreto n° 18.253/2020 assinado nesta Quarta Feira flexibiliza alguns serviços em Piracicaba:



O prefeito Barjas Negri assinou nesta quarta-feira (22) dois decretos que estabelecem novas diretrizes durante o enfrentamento da pandemia do Covid-19 na cidade. Basicamente, prorroga a quarentena até o dia 10 de maio de 2020 e flexibiliza a abertura de alguns estabelecimentos em Piracicaba.

Por meio do Decreto Nº 18.253/2020, podem funcionar os seguintes seguimentos:

  • Estabelecimentos que comercializem lentes oftálmicas e lentes de contato podem atender ao público, mas com restrições, ou seja, apenas pessoas com prescrição médica e para manutenção de óculo de grau. A entrada de clientes deve respeitar o tamanho do local: um cliente para cada 5 m², a fim de evitar aglomeração;

  • Cabeleireiros, barbeiros, manicures e estabelecimentos afins poderão atender com hora marcada, um cliente por vez, sem que outros estejam esperando. É obrigatório o uso de equipamentos de segurança, como máscaras – para o profissional e o cliente, e luvas;

  • Dentistas, fisioterapeutas, psicólogos, contadores, advogados, engenheiros e outros profissionais liberais devem cumprir as recomendações dos conselhos e órgãos reguladores. Poderão prestar seus serviços com hora marcada, um cliente por vez, sem que outros estejam esperando. É obrigatório o uso de equipamentos de segurança, como máscaras – para o profissional e o cliente, e luvas.

Decreto 18.252/20202 - Os serviços essenciais autorizados a funcionar durante a quarentena, bem como aqueles que estiverem com liminar e tutela de urgência, devem aumentar a precaução, intensificando as seguintes medidas preventivas:

  1. Demarcação no solo nos espaços destinados às filas de clientes, respeitando-se a distância de 1 metro entre as pessoas;

  2. Limitem o número de clientes em atendimento, avitando a aglomeração de pessoas de, no máximo, duas por grupo familiar;

  3. Clientes sem máscaras de proteção não podem ser atendidos;

  4. Cada mesa, balcão ou guichê de atendimento deve conter gel 70% para uso de funcionários e clientes, inclusive disponibilizar lavatório com sabonete líquido e papel toalha para lavagem das mãos;

  5. Ao final de cada atendimento, deve-se fazer assepsia de cada mesa, balcão ou guichê, com a desinfecção dos pontos de contato em geral, como botões e máquinas de cartão, utilizando álcool gel 70%;

  6. Controle e gestão da circulação de clientes, de modo a resguardar o distanciamento entre as pessoas;

  7. Implementar obstrução entre clientes e balcões, caixas e guichês de atendimento para que atendente e cliente fiquem 'isolados' quando não for possível manter a distância (uso de placas de acrílico ou vidro);

  8. Agilizar atendimento de idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais;

  9. Rever turnos de trabalho para evitar aglomerações de funcionários;

  10. Adotar, preferencialmente, ventilação natural nos ambientes.



Fonte: piracicaba.sp.gov.br

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Golpe empresas do simples nacional!

Um novo golpe está buscando os empresários do Simples Nacional, incluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs), que têm dívidas tributárias pendentes com o Fisco. A nova fraude surge em meio ao p

Comments


bottom of page